E agora?

Agora o [novo] aumento do IVA vai garantir a nossa reforma [leia-se - a deles]. Parece que afinal só mudaram as moscas. A bosta permanece a mesma. A questão é apenas uma: até quando vamos conseguir conviver e suportar o cheiro? Já estou como diz o outro, atira-te ao mar e diz que te empurraram. Assim como assim estás lixado de qualquer maneira, mesmo que saibas nadar.

6 comentários:

Fê-blue bird disse...

Estamos lixados, tesos e lisos :(
e molhados também ;)
Temos que levar isto com humor, senão estamos feitas ;)
Bjs

Isa GT disse...

Agora... a maioria vai ter de aprender o que é economizar ao cêntimo, tal e qual como fizeram os nossos avós (no meu caso, porque no teu devem ter sido os teus bisavós ;))
Os que comandam o destino de Portugal já fizeram todas as burrices possíveis, agora já nem interessa quem está lá porque quando falta o dinheiro, ficamos na mão dos agiotas que o emprestaram e isso podemos "agradecer" tanto ao PS como ao PSD porque foram eles que estiveram no "poleiro" e agora podem rodar os chefes que não adianta porque como o problema é a falta de dinheiro e como nem para comer produzimos, só nos resta amargar por termos deixado o país ser governado por incompetentes.

Bjos

Polly disse...

Acho que agora não nos resta mais nada. A não ser tentar viver, diria antes, substituir neste novo sistema feudal do séc XXI, em que uma pequena maioria é senhor e a larga maioria apenas tem direito a uma tanguinha e a muita fominha...


Beijos, Polly

Marta disse...

Eu cá já nem sei a quantas ando...

Sofia Azevedo disse...

Agora... agora aguentamos as consequências como sempre fizemos ou revoltamo-nos de vez, o que honestamente duvido muito que aconteça. Somos um povo de condescendentes - ladramos muito, mas mordemos pouco.

Beijinho

Matilde disse...

Estou com a Fê... temos que levar a coisa pela desportiva ou estamos mesmo lixados!

Beijocas